Conheça um pouco mais da minha trajetória profissional

Quem sou eu?

Meu nome é Beatriz, mas todo mundo me chama de Bia. Sou filha caçula de uma mulher muito batalhadora.

Fiz Medicina na UFMG, fui monitora bolsista de Pediatria, mas fazia extensão e pesquisa em Saúde Pública. É, eu sempre tive esse olhar de cuidado com o outro, de pensar no coletivo e focar na prevenção e no planejamento.

Entrei para residência de Pediatria no Hospital das Clínicas da UFMG, um lugar onde aprendi muito com professores, médicos e equipe de ponta, além de pacientinhos tão especiais!

Trabalhei alguns anos em pronto atendimento e enfermaria, mas via a necessidade de saber conduzir um paciente mais grave. Tomei coragem e voltei a estudar. Fiz residência de Terapia Intensiva no Hospital Municipal Odilon Behrens, onde hoje sou plantonista do CTI infantil.

 

O processo de ensino e aprendizagem me encanta. Fiz Mestrado em Saúde da Criança e do Adolescente na UFMG e já fui preceptora de internato de Medicina da UFMG por 2 anos e professora de Pediatria das Faculdades FAMINAS-BH e Ciências Médicas de Minas Gerais por outros 2.

Amo crianças, seu afeto sincero e gratuito, seus olhinhos brilhantes diante de cada pequena novidade, sua visão desprovida de preconceito. Amo a energia que emanam e que contamina tudo ao seu redor.

Mas não tem nada mais gratificante que o vínculo que construímos com cada família! Seja conhecendo aquele bebê desde a barriga da mãe ou ganhando a confiança de um adolescente ressabiado… Levantar uma mãe fragilizada, acompanhar o desenvolvimento, cuidar da nutrição adequada, acudir a febre e comemorar cada vitória: isso só o consultório me possibilitou.

Entrei pra Medicina com 18 anos, mas a Pediatria me escolheu muito antes disso! Quando me formei na faculdade, mamãe desenterrou uma fita VHS com um vídeo daqueles desfiles de criança…Quando eu terminei a passarela, o apresentador perguntou: “O que você quer ser quando crescer?” E a resposta saiu sem nem pensar: “Médica Pediatra”.

MARQUE SUA CONSULTA PELO WHATSAPP